facebook.png

Programação

 

14 de setembro, quinta-feira – 8h45

Narração de Histórias: CONTOS DE LÁ NOS CANTOS DE CÁ, com Aline Cântia e Chicó do Céu

Local: Palco Guaicurus

 

 


 

14 de setembro, quinta-feira – 8h45

Narração de Histórias: REVOADA DE HISTÓRIAS, com Maria Célia (BH)

Local: Auditório

 

 


 

14 de setembro, quinta-feira, às 9h.

As narrativas da infância brasileira

Cristiane Tavares (SP)
Eugênio Tadeu (BH) 
Mariana Rosa (BH) 

Mediadora: Pâmela Machado (BH) 

Esta atividade faz parte do 11º SEMINÁRIO BEAGALÊ: LER, BRINCAR E APRENDER NA PRIMEIRA INFÂNCIA (Este seminário integra o projeto “Ler, brincar e aprender em família: um olhar para a primeira infância”, viabilizado pelo Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente / Itaú Social).

Local: Centro de Referência da Juventude


 

14 de setembro, quinta-feira – 9h30

Narração de Histórias: CONTOS DE LÁ NOS CANTOS DE CÁ, com Aline Cântia e Chicó do Céu

Local: Palco Guaicurus

 

 


 

14 de setembro, quinta-feira – 9h30

Narração de Histórias: REVOADA DE HISTÓRIAS, com Maria Célia (BH)

Local: Auditório

 

 


 

14 de setembro, quinta-feira – 10 às 13h

A partir das metodologias tortas utilizadas no processo de criação do texto MPB: Peça Manifesto  em três estrofes e um refrão, como criação e coleta de playlists, diálogos feitos com recorte de musicas, paródias, bem como as ideias de plagicombinação e teatro fanzine que acompanham a atriz/dramaturga, a oficina  se dá a partir da investigação de escritas e ações na estrutura de canção, manifesto, número de cabaré, mutilando, reconstruindo e remontando letras de música, textos literários, filmes, criando diálogos e discursos novos a partir destes recortes para dramaturgia.

Marina Viana é atriz, dramaturga e diretora teatral graduada no curso de Artes Cênicas da UFMG. É integrante dos grupos Mayombe Grupo de Teatro, Teatro 171, Cia Primeira Campainha e é colaboradora de outros coletivos de Belo Horizonte. Tem uma banda, já publicou zines, realiza prêmios e faz cabaré.

Local: Centro de Referência da Juventude

 

 


 

14 de setembro, quinta-feira – 10h20

Narração de Histórias: REVOADA DE HISTÓRIAS, com Maria Célia (BH)

Local: Auditório

 

 


 

14 de setembro, quinta-feira – 10h20

Narração de Histórias: CONTOS DE LÁ NOS CANTOS DE CÁ, com Aline Cântia e Chicó do Céu

Local: Palco Guaicurus

 

 


 

14 de setembro, quinta-feira – 10 às 13h

Nos últimos cem anos, a ciência e a tecnologia começaram a modificar a biosfera e o ser humano de maneira assustadora. Mas esse processo, apesar de muito debatido por filósofos, sociólogos historiadores e cientistas, raramente aparece na literatura brasileira contemporânea. A proposta é que os atelienses expressem em prosa ou verso nossa inquietação presente com o futuro pós-humano que se aproxima, está chegando, já está aqui.

Luiz Bras nasceu em Cobra Norato, MS. É escritor e coordenador de ateliês de criação literária. Já publicou diversos livros, entre eles Distrito federal (rapsódia), Não chore (novela) e MáquinaMacunaíma (contos). Também organizou os três volumes da coletânea de poemas Hiperconexões: realidade expandida, sobre nosso futuro pós-humano.

Local: Centro de Referência da Juventude

 


 
Arte de rua: 10 às 12h.

O ESTRANGEIRO – projeto de Vânia Barbosa, está dentro do festival, sendo mostrado dos dias 13 a 17 de setembro na Praça Sete, em frente ao CINE BRASIL. Em busca de sensibilizar as pessoas sobre aqueles que a sociedade estranha, fotografias impressas em lambe-lambe serão coladas no chão, pisoteadas e arranhadas pelos que transitam no local.

Trazendo a diversidade das falas, estátuas vivas e atores voluntários serão parceiros do projeto, tanto quanto outros trabalhadores que exercem seu ofício no entorno – pipoqueiro, engraxate, vendedores. Apostando na força que vem de diferentes territórios, eles entram em diálogo com os transeuntes usando trechos de poemas e citações literárias repercutindo o tema do Festival: Vozes de todos os Cantos.


 

14 de setembro, quinta-feira – 13h45

Narração de Histórias: COMADRE MORTE E COMPADRE CAPETA, com RodrigoTeixeira e Samuel Medina (BH)

Local: Auditório

 

 


 

14 de setembro, quinta-feira – 13h45

FAZER SARAU, com Vito Julião (BH)

Local: Palco dos Saraus

 


 

14 de setembro, quinta-feira, de 14 às 17h

A oficina pretende mostrar os porquês e os caminhos em que começam e seguem os saraus já existentes, incentivando a promoção de novos saraus em escolas, bairros, grupos de amigos e lugares possíveis.

Camila Félix é poeta, militante da poesia e dos saraus e graduada em arquitetura. Estuda as relações entre cidade e literatura. Participa de performances e de vários saraus e eventos de Belo Horizonte, provocando ocupações do espaço público e uma cidade mais acessível e justa. É autora da pesquisa “Atlas dos saraus: mapeamento dos saraus de poesia da região metropolitana de Belo Horizonte”, defendida na Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais.

Local: Centro de Referência da Juventude


 

14 de setembro, quinta-feira – 14 às 18h

Nada é feito sem o personagem. Ele é o elemento principal de uma história. Nos livros ilustrados, sua descrição física pertence ao domínio do ilustrador. Para tanto, as características morfológicas e as qualidades psicológicas e compositivas precisam descrever e dar identidade a esse importante elemento da narrativa, sendo capazes de impactar e capturar o leitor. Neste laboratório será trabalhada a teoria dos contrastes, que visa a quebra de estereótipos e a busca de imagens autorais, com a experimentação de algumas ferramentas para a criação de personagens, na busca de poses, gestos, expressões e novas morfologias capazes de revelar emoções e atitudes que resultem em personagens únicos. 

Rosinha é escritora e ilustradora. Tem muitos livros publicados, dentre eles O mar de Cecília (Editora do Brasil), E você? (Editora Jujuba), Chapeuzinho Vermelho (Editora Callis), A história da princesa do Reino da Pedra Fina (Editora Projeto). Recebeu importantes prêmios literários, como White Ravens, Altamente Recomendável FNLIJ, Jabuti e Açorianos. Criou, junto com Anabella Lopez, a Escola Usina de Imagens de formação de ilustradores, em Recife.

Local: Centro de Referência da Juventude


 

14 de setembro, quinta-feira – 14h

Adriana Di Mambro (BH) 
Levindo Diniz Carvalho (BH)
Lilia Virgínia Martins Santos(BH) 

Mediadora: Vera Lúcia Vieira (BH) 

 

Esta atividade faz parte do 11º SEMINÁRIO BEAGALÊ: LER, BRINCAR E APRENDER NA PRIMEIRA INFÂNCIA (Este seminário integra o projeto Ler, brincar e aprender em família: um olhar para a primeira infância, viabilizado pelo Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente / Itaú Social)

Local: Centro de Referência da Juventude


 

14 de setembro, quinta-feira – 14h30

FAZER SARAU, com Vito Julião (BH)

Local: Palco dos Saraus

 

 


 

14 de setembro, quinta-feira – 14h30

Narração de Histórias: COMADRE MORTE E COMPADRE CAPETA, com RodrigoTeixeira e Samuel Medina (BH)

Local: Auditório

 


 

Atuação de estátuas vivas: 14 às 19h.

O ESTRANGEIRO – projeto de Vânia Barbosa, está dentro do festival, sendo mostrado dos dias 13 a 17 de setembro na Praça Sete, em frente ao CINE BRASIL. Em busca de sensibilizar as pessoas sobre aqueles que a sociedade estranha, fotografias impressas em lambe-lambe serão coladas no chão, pisoteadas e arranhadas pelos que transitam no local.

Trazendo a diversidade das falas, estátuas vivas e atores voluntários serão parceiros do projeto, tanto quanto outros trabalhadores que exercem seu ofício no entorno – pipoqueiro, engraxate, vendedores. Apostando na força que vem de diferentes territórios, eles entram em diálogo com os transeuntes usando trechos de poemas e citações literárias repercutindo o tema do Festival: Vozes de todos os Cantos.

 

 


 

14 de setembro, quinta-feira – 15h15

Narração de Histórias: COMADRE MORTE E COMPADRE CAPETA, com RodrigoTeixeira e Samuel Medina (BH)

Local: Auditório

 


 

14 de setembro, quinta-feira- 15h15

FAZER SARAU, com Vito Julião (BH)

Local: Palco dos Saraus

 


 

14 de setembro, quinta-feira – 16h30

Mônica Correia Baptista (BH)
Luiz Percival Leme Britto (Santarém – PA)
Marisa Lajolo (SP) – Parceria cultural do Sesc em Minas Gerais

Mediadora: Cleide Fernandes (BH)

Esta atividade faz parte do 11º SEMINÁRIO BEAGALÊ: LER, BRINCAR E APRENDER NA PRIMEIRA INFÂNCIA  (Este seminário integra o projeto Ler, brincar e aprender em família: um olhar para a primeira infância, viabilizado pelo Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente / Itaú Social)

Local: Centro de Referência da Juventude


 

14 de setembro, quinta-feira – 17h

Luis Alberto Brandão (BH)
Marcílio França Castro (BH)
Maria Carolina Fenati (BH)

Mediador: João Pombo Barile (BH)

Local: Auditório


 

14 de setembro, quinta-feira – 17h

Sarau A QUEBRA DA MALDIÇÃO DESDE SEU NASCIMENTO, com Marta Neves e Academia Transliterária

Local: Palco Guaicurus


 

Lançamentos de Livros –  14 de setembro, quinta-feira – 18h

 

  • Rastros de amor – Psicanálise, Conto e Poesis, de Gilda Vaz, Regina Pacheco e Terezinha Sette – Editora Letramento

 

  • São poucos os homens que ainda acreditam em baleias, de Vinicius Varela – Editora Patuá

 

  • Latência, de ana f. & g. zocrato – Crivo Editorial

 

  • Vou ser pai. E agora? Fernando Dias – Editora Scrittore

 

  • Pedaços de mim – Lucídio Araujo – Editora O Lutador

 

  • O caçador cibernético da Rua Treze, de Fábio Kabral – Editora Malê

 

  • Literaturas africanas de língua portuguesa, de Maria Nazareth Soares Fonseca – Editora Nandyala

 

14 de setembro, quinta-feira – 18h30

Guto Borges (BH) 

Mediadora: Amanda Moreira (BH)

Local: Café Literário


 

14 de setembro, quinta-feira – 19h

Ana Maria Gonçalves

Mediador: José Eduardo Gonçalves (BH) 

Local: Auditório


 

14 de setembro, quinta-feira – 19h

Ana Maria Gonçalves (SP) – Parceria cultural do Sesc em Minas Gerais

Mediador: José Eduardo Gonçalves (BH) 

Local: Auditório


 

15 de setembro, sexta-feira – 8h45

Narração de Histórias: O MALUCO DO CÉU, com Anna Göbel (BH)

Local: Auditório

 

 


 

15 de setembro, sexta-feira – 9h30

Narração de Histórias: O MALUCO DO CÉU, com Anna Göbel (BH)

Local: Auditório

 

 


 

Arte de rua: 10 às 12h.

O ESTRANGEIRO – projeto de Vânia Barbosa, está dentro do festival, sendo mostrado dos dias 13 a 17 de setembro na Praça Sete, em frente ao CINE BRASIL. Em busca de sensibilizar as pessoas sobre aqueles que a sociedade estranha, fotografias impressas em lambe-lambe serão coladas no chão, pisoteadas e arranhadas pelos que transitam no local.

Trazendo a diversidade das falas, estátuas vivas e atores voluntários serão parceiros do projeto, tanto quanto outros trabalhadores que exercem seu ofício no entorno – pipoqueiro, engraxate, vendedores. Apostando na força que vem de diferentes territórios, eles entram em diálogo com os transeuntes usando trechos de poemas e citações literárias repercutindo o tema do Festival: Vozes de todos os Cantos.


 

15 de setembro, sexta-feira – 10 às 13h

Nos últimos cem anos, a ciência e a tecnologia começaram a modificar a biosfera e o ser humano de maneira assustadora. Mas esse processo, apesar de muito debatido por filósofos, sociólogos historiadores e cientistas, raramente aparece na literatura brasileira contemporânea. A proposta é que os atelienses expressem em prosa ou verso nossa inquietação presente com o futuro pós-humano que se aproxima, está chegando, já está aqui.

Luiz Bras nasceu em Cobra Norato, MS. É escritor e coordenador de ateliês de criação literária. Já publicou diversos livros, entre eles Distrito federal (rapsódia), Não chore (novela) e MáquinaMacunaíma (contos). Também organizou os três volumes da coletânea de poemas Hiperconexões: realidade expandida, sobre nosso futuro pós-humano.

Local: Centro de Referência da Juventude

 


 

15 de setembro, sexta-feira – 10h15

Narração de Histórias: O MALUCO DO CÉU, com Anna Göbel (BH)

Local: Auditório

 


 

15 de setembro, sexta-feira – 11h

Anabella López

Local: Arena


 

15 de setembro, sábado – 13h45

NARRAÇÃO DE HISTÓRIAS, com RodrigoTeixeira e Samuel Medina (BH)

Local: Palco dos Saraus


 

Atuação de estátuas vivas: 14 às 19h.

O ESTRANGEIRO – projeto de Vânia Barbosa, está dentro do festival, sendo mostrado dos dias 13 a 17 de setembro na Praça Sete, em frente ao CINE BRASIL. Em busca de sensibilizar as pessoas sobre aqueles que a sociedade estranha, fotografias impressas em lambe-lambe serão coladas no chão, pisoteadas e arranhadas pelos que transitam no local.

Trazendo a diversidade das falas, estátuas vivas e atores voluntários serão parceiros do projeto, tanto quanto outros trabalhadores que exercem seu ofício no entorno – pipoqueiro, engraxate, vendedores. Apostando na força que vem de diferentes territórios, eles entram em diálogo com os transeuntes usando trechos de poemas e citações literárias repercutindo o tema do Festival: Vozes de todos os Cantos.


 

15 de setembro, sexta-feira – 14 às 18h

Nada é feito sem o personagem. Ele é o elemento principal de uma história. Nos livros ilustrados, sua descrição física pertence ao domínio do ilustrador. Para tanto, as características morfológicas e as qualidades psicológicas e compositivas precisam descrever e dar identidade a esse importante elemento da narrativa, sendo capazes de impactar e capturar o leitor. Neste laboratório será trabalhada a teoria dos contrastes, que visa a quebra de estereótipos e a busca de imagens autorais, com a experimentação de algumas ferramentas para a criação de personagens, na busca de poses, gestos, expressões e novas morfologias capazes de revelar emoções e atitudes que resultem em personagens únicos. 

Rosinha é escritora e ilustradora. Tem muitos livros publicados, dentre eles O mar de Cecília (Editora do Brasil), E você? (Editora Jujuba), Chapeuzinho Vermelho (Editora Callis), A história da princesa do Reino da Pedra Fina (Editora Projeto). Recebeu importantes prêmios literários, como White Ravens, Altamente Recomendável FNLIJ, Jabuti e Açorianos. Criou, junto com Anabella Lopez, a Escola Usina de Imagens de formação de ilustradores, em Recife.

Local: Centro de Referência da Juventude


 

15 de setembro, sábado – 14h30

NARRAÇÃO DE HISTÓRIAS, com RodrigoTeixeira e Samuel Medina (BH)

Local: Palco dos Saraus

 


 

15 de setembro, sexta-feira – 15h

José Castilho Marques Neto (SP)
Pilar Cuellar Delgadillo (Colômbia)

Local: Auditório

 


 

15 de setembro, sexta-feira – 16h30

Anna Cunha (BH)
Anabella López (Porto de Galinhas – PE) 
Flávio Fargas (BH) – 

Mediadora: Jéssica Tolentino (BH)

Local: Café Literário

 


NOSSO SARAU, com Bim Oyoko

17h :: Palco Guaicurus

 


 

15 de setembro, sexta-feira – 17h

André Ricardo Aguiar (João Pessoa – PB) 
Jeter Neves (BH) 
Laura Cohen (BH) 

Mediadora: Cristina Agostinho (BH)

Local: Auditório


 

Lançamentos de Livros –  15 de setembro, sexta-feira – 18h

 

  • Desenvolvimento (in)sustentável – o que você tem a ver com isso?, de Pedro Emílio Gomes – Editora Semente Editorial

 

  • Adjoké e as palavras que atravessam o mar, de Patrícia Matos – Editora Nandyala

 

  • Mulheres incríveis; As coisas simples da vida, de Elaine Marcelina – Editora Nandyala

 

  • Venha quando for escuro, de Luís Henrique Novais – Editora Arte Desemboque

 

  • Rastros de mentiras e segredos – coletânea de contos, de Cleudene Aragão, Maria Thereza Leite e Inês Cardoso, Vânia Vasconcelos e Ruth de Paula – Editora Expressão Gráfica e Editora

 

  • Quando ela voltar, de Paulo Henrique Bragança

 

  • Letra e tinta: dez contos vencedores do Prêmio Malê de Literatura, de Felipe Oliveira – Editora Malê

 


 

15 de setembro, sexta-feira – 18h30

Cidinha da Silva 

Mediadora: Amanda Moreira (BH) 

Local: Café Literário

 


 

15 de setembro, sexta-feira – 18h30

Eliane Potiguara (RJ)
Mário Geraldo Fonseca (BH) 

Mediadora: Viviane Maia (BH) 

Local: Sala das Artes

 


 

15 de setembro, sexta-feira – 19h

O INVENTÁRIO POÉTICO DE LAÍS CORRÊA DE ARAÚJO

Maria Esther Maciel (BH) 
Thaís Guimarães (BH) 

Local: Auditório


 

Dia 15 de setembro, sexta-feira, às 19h30

A hora da estrela (Suzana Amaral| Brasil| 1986| Drama| 96 min)

Macabéa é uma imigrante nordestina que vive no Rio de Janeiro, trabalha como datilógrafa em uma pequena firma e mora em uma pensão. Um dia, ela se consulta com a cartomante Madame Carlota, que prevê novos dias para ela e um encontro com um homem estrangeiro, rico e bonito. Inspirado no livro homônimo de Clarice Lispector.

Classificação indicativa: 10 anos

Local: MIS – Cine Santa Tereza ( R. Estrela do Sul, 89 – Santa Tereza)


 

Lançamentos de Livros –  15 de setembro, sexta-feira – 19h30

 

  • Más Intenções, de Míria Oliveira – Editora Nandyala

 

  • Poesia & Afeto / Prosa, crônica & afeto / O sagrado e o profano, de Antônio Galvão – Editora Pequi

 

  • O jardim de Leocádia, de Maurício Lara – Páginas Editora

 

  • 50 conto$ sem propina, de Dimas Lopes – Páginas Editora

 

  • Fio por fio, de Maria Aparecida Vasconcelos Lavigne – Editora Getsemani

 

  • Viver é meu Vício, de Domingas Alvim – Editora Letramento

 

  • Noites pretas, de Jalmelice Luz – Páginas Editoras

 

  • Paragens póeticas, de Luiz Carlos Prates

 

  • Ostracismo Poético, de Eduardo Ávila – Editora O Lutador

 

  • 120 semanas sem Estrela, de Rodrigo Ricardo – Poesias Escolhidas Editora

 

  • Amor e Intrigas, de Graziela Sanguinete – Editora Soares

 

  • Temos Vago, de h. henras – Crivo Editorial

 


 

15 de setembro, sexta-feira – 20h30

Flávio Henrique – voz, violão e piano / teclado
Kadu Vianna – voz, violão, percussão e trompete vocal
Mariana Nunes – voz
Pedro Morais – voz, violão, percussão e baixos no violão

Local: Palco Guaicurus


 

16 de setembro, sábado – 10h30

Oficina PRIMEIRAS LEITURAS: UM CONVITE PARA OS BEBÊS

Juliana Daher e Isaac Luis (Cia. Pé de Moleque)

Local: Centro de Referência da Juventude


 

Atuação de estátuas vivas: 10 às 14h.

O ESTRANGEIRO – projeto de Vânia Barbosa, está dentro do festival, sendo mostrado dos dias 13 a 17 de setembro na Praça Sete, em frente ao CINE BRASIL. Em busca de sensibilizar as pessoas sobre aqueles que a sociedade estranha, fotografias impressas em lambe-lambe serão coladas no chão, pisoteadas e arranhadas pelos que transitam no local.

Trazendo a diversidade das falas, estátuas vivas e atores voluntários serão parceiros do projeto, tanto quanto outros trabalhadores que exercem seu ofício no entorno – pipoqueiro, engraxate, vendedores. Apostando na força que vem de diferentes territórios, eles entram em diálogo com os transeuntes usando trechos de poemas e citações literárias repercutindo o tema do Festival: Vozes de todos os Cantos.


 

16 de setembro, sábado – 10h

Ângelo Oswaldo (BH) 
Eneida Maria de Souza (BH) 

Mediadora: Branca Maria de Paula (BH)

Local: Auditório


 

16 de setembro, sábado – 10h30

Ana Carolina Neves (BH)
Silvana de Menezes (BH) 

Mediadora: Érica Lima (BH)

Local: Café Literário


 

16 de setembro, sábado – 11h

PALESTRA ILUSTRADA: AS IMAGENS DE TODOS OS CANTOS, com Nelson Cruz

Nelson Cruz (Santa Luzia – MG) 

Local: Arena


 

Lançamentos de Livros –  16 de setembro, sábado – 11h

 

  • Alma exposta, de José Hilton Rosa – Life Editora

 

  • Rés  – livro das contaminações, de Erick Costa e MaraízaLabanca – Editora Cas’a’screver

 

  • Destemperos do Amor, de Reginaldo Lopes do Carmo

 

  • Imaginação, de Caliel Cristian – Poesias Escolhidas Editora

 

  • 1974 e a Vovó fala tudo errado – Maria Clara Arreguy Maia – Outubro Edições

 

  • Mariana Catibiribana, de Marilene Vieira Monteiro (Nena) de Castro – Editora Aldrva Letras e Artes

 

  • Verve para passarinho, de Vinícius Magalhães – Crivo Editorial

 

  • Beagápra brincar, de Flávia Pellegrini & Miriam Barreto – Editora Scrittore

 

  • Eu não vi Haley, de BianoPulit – Editora Clube Arte Impressa Edições

 

  • Dois quartos, de Hugo Lima & Tida Carvalho – Crivo Editorial

 

  • Seu Vicente não existe, de Carina S. Gonçalves e Luciana S. Gonçalves – Editora Leme

 

  • A menina Akili e seu tambor falante, de Verônica Bonfim – Editora Nandyala

 

16 de setembro, sábado – 11h

SARAU DAS CRIANÇAS

Letícia Gonçalves 
Rodrigo Teixeira 
Samuel Medina 

Local: Palco Guaicurus


 

16 de setembro, sábado – 13h30

SARAU DAS MANAS, com Thais Kas

Local: Palco Guaicurus


 

16 de setembro, sábado – 14h

Oficina PRIMEIRAS LEITURAS: UM CONVITE PARA OS BEBÊS

Juliana Daher e Isaac Luis (Cia. Pé de Moleque)

Local: Centro de Referência da Juventude


 

16 de setembro, sábado – 14h

Oficina MONTE SUA HISTÓRIA, com Wander Ferreira

Leitura compartilhada do livro Uma história atrapalhada, de Gianni Rodari e Alessandro Sanna, seguida de conversa e exercício de recriação das histórias tradicionais, mesclando personagens e acontecimentos dos contos clássicos para crianças. 

Local: Biblioteca

 


 

Lançamentos de Livros –  16 de setembro, sábado – 14h

 

  • Pelos Cantos dos Canteiros, de Fernando Righi – Editora Santo Ambrósio

 

  • Filhos da Senzala, de Silvânia Dias – Schoba

 

  • Poemas úmidos de amor, de Vanda Lúcia da Costa Salles – Editora Mulher do Século XXI: Clube de Leitura

 

  • Marca de fogo: quilombos, resistência e a política do medo, Minas Gerais, século XVIII – Editora Nandyala

 

  • DuElo poético, de Irineu Baroni

 

  • Meu crespo, nossa história, de Mikaela Gabriele e Walkiria Gabriele – Crivo Editorial

 

  • Maju: a princesa do tempo, de Aciomar de Oliveira – Poesias Escolhidas Editora

 

  • Confissões On-line, de Iris Figueiredo – Editora Generale

 

  • O Queijo – uma comédia sórdida, de Juliano Mendes –Editora Giostri

 

  • Escrevo ao vivo, de Anízio Vianna – Quarto Setor Editorial

 

  • O louco da Praça Tiradentes e outros poemas, de José Maria Theodoro

 

  • O livro de ouro das coisas sem graça, de Luciana Abdo – Impressões de Minas – Selo Leme

 

  • Um cantor na floresta, de Marinho da Mata – Editora Saramandaia

 

  • O caldeirão da bruxa, de Ignez Montepulciano Santos de Oliveira – Editora Sografe

 

  • Pedro Ivo Autismo em Prosa e Verso, de Mônica Santos de Oliveira – Editora Getsemani

 

16 de setembro, sábado – 14h

POESIA E MÚSICA NA PERIFERIA: A VOZ DOS SARAUS

Nívea Sabino (Nova Lima – MG) – Parceria cultural do Sesc em Minas Gerais
Flávio Renegado (BH)
Rogério Coelho (BH) 
Crystal Valentine (EUA)
Porsha Olaiwola(EUA)

Mediador: César Gilcevi (FMC/PBH) 

Local: Auditório


 

17 de setembro, domingo – 14h30

Leitura compartilhada do livro Uma história atrapalhada, de Gianni Rodari e Alessandro Sanna, seguida de conversa e exercício de recriação das histórias tradicionais, mesclando personagens e acontecimentos dos contos clássicos para crianças. 

Local: Biblioteca


 

16 de setembro, sábado – 15h

Carlos Herculano Lopes (BH) 
Ronaldo Simões Coelho (BH)

Mediador: Rodrigo Teixeira (BH)

Local: Café Literário


 

16 de setembro, sábado – 15h

Oficina PRIMEIRAS LEITURAS: UM CONVITE PARA OS BEBÊS

Juliana Daher e Isaac Luis (Cia. Pé de Moleque)

Local: Centro de Referência da Juventude


 

16 de setembro, sábado – 15h30

Oficina LIVRO MINUTO, com Samuel Medina e a equipe da Biblioteca Pública Infantil e Juvenil

Oficina de leitura e criação de livretos escritos e ilustrados pelos participantes feitos de dobraduras de papel.

Local: Biblioteca


 

Lançamentos de Livros –  16 de setembro, sábado – 16h

 

  • Kadu&Ketula/Pedras, pedrinhas e Pedregulhos, de Pituka Nirobe e Levi Cintra – Editora Nandyla

 

  • Quem leuleu, de Matheus Dutra

 

  • Todas as funções de uma cicatriz, de Lâmia Brito – Editora Selo Doburro

 

  • Cada coração é um universo, de  Gabriela Estanislau – Editora Pop Paper Ltda

 

  • Banarela/Simão, o grande peão, de Rubiane Chaves

 

  • Andante moderado, aquarela asiática, de Fernanda Pitella – Editora Scortecci

 

  • Ninguém detém a noite, de Nivaldo Tenório de Vasconcelos – Editora Confraria do Vento

 

  • A neta de Anita, de Andeson de Oliveira – Mazza Edições

 

  • Barbazul / Um coelho, de Anabella López – Editora Aletria)

 

  • Contos da meia-noite do mundo, de Rodolfo Castro – Editora Aletria)

 

16 de setembro, sábado, 16h

SARAU LÁ DA FAVELINHA, com Kdu dos Anjos (BH)

Local: Palco Guaicurus


 

16 de setembro, sábado – 16h30 

RODA DE LEITURA, com a equipe da Biblioteca Pública Infantil e Juvenil

Local: Biblioteca


 

Dia 16 de setembro, sábado – 17h

Corda bamba: história de uma menina equilibrista (Eduardo Goldenstein| Brasil| 2012| Infantil| 80 min)

Maria é uma menina de 10 anos que foi criada no circo. Após um tempo vivendo com os padrinhos, Foguinho e Barbuda, ela se muda para a cidade grande para morar com sua avó. Apesar de enfrentar dificuldades em se adaptar à nova vida, ela aos poucos passa a se lembrar de um grande trauma do passado envolvendo seus pais. Baseada na obra Corda Bamba, de Lygia Bojunga.

Classificação indicativa: livre

Local: MIS – Cine Santa Tereza ( R. Estrela do Sul, 89 – Santa Tereza)


 

16 de setembro, sábado – 17h

Flávia Péret (BH) 
Ivana Jinkings (SP) 
Regina Dalcastagne (DF) 
Rosália Diogo (BH)

Mediadora: Márcia Maria Cruz (BH)

Local: Auditório

 


 

16 de setembro, sábado – 17h

RODA DE CONVERSA: A REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO DE CONTADOR DE HISTÓRIAS 

Christiane Castro
KeuApoema
Rosana Mont’Alverne

Mediadora: Aline Cântia

Local: Café Literário


 

16 de setembro, sábado – 17h30

Oficina MIOLO MOLE, com Wander Ferreira

Leitura, declamação e releitura de trava-línguas da cultura popular brasileira, registrados em livros diversos e construção de trava-línguas com os participantes.

Local:Biblioteca

 


 

Lançamentos de Livros –  16 de setembro, sábado – 18h

 

  • Quando o dinossauro cair do céu os meteoros serão extintos, de Diogo Aloni – Editora Penalux

 

  • ZUT e Cavalo & Catarse, de Djami Sezostre – Crivo Editoria e Editora Penalux

 

  • A tábua do sonho, de Fátima Vianna – Editora Adonis

 

  • O labirinto dos sonhos, de EmarilaineMachado  – Editora Shiado

 

  • A mais aberta, de Jonas Samudio – Editora Cas’a’screver

 

  • Vestígios de um crime, de Poliana Nogueira

 

  • Pensamentos para o vento, de Priscila Fonseca – Editora Frente e Verso

 

  • Pequeno livro de mal criações para crianças bem criadas, de Fernando Antônio Siqueira Ferreria – Crivo Editorial

 

  • Encruzilhadas, de Fernando Amaral da Silveira – Crivo Editorial

 

  • Corpo Celeste, de Luisa Godoy – Crivo Editorial

 

  • Começa em Mar, de Vanessa Maranha – Editora Penalux

 

  • O dia em que a brincadeira sumiu!,  de Nana

 

  • Um crisântemo salpicado de lama, de Karine Bassi – Editora Vienas Abiertas

 

  • Lápide: canto silente, de Bruno Reoli – Páginas Editora

 

  • Minhas estrada, de Ronilde Miranda – Editora Cesário Ltda

 

  • O Lobo da Caverna, Laz Muniz – Editora Iriam

 


 

16 de setembro, sábado – 18h30

CLUBE DO LIVRO: ENCONTROS E LEITURAS

Letícia Pimenta (BH) 
Juliana Gomes (SP) 

Mediador: Samuel Medina (BH) 

Local: Sala das Artes


 

Lançamentos de Livros –  16 de setembro, sábado – 19h

 

  • A voz da tina, de Robson Di Brito – Editora Clube de Autores

 

  • Rasuras no Espelho de Narciso e Mídia e Racismo, de Rosalia Diogo – Mazza Edições

 

  • Cheirinho de Neném, de Patrícia Maria de Souza Santana – Mazza Edições

 

  • O Crespim, de Jussara Santos – Impressões de Minas

 

  • Outra vez Mariana, de Madu Costa e Artur Viana – Crivo Editorial

 

  • Bino, o menino africano da cor de algodão, de Marcial Ávila e Rosa Margarida de Carvalho Rocha – Mazza  Edições.

 

  • Telas Urbanas, de Maria Luiza Viana, Augusto Otávio Fonseca de Oliveira e Comum – Fundação Municipal de Cultura/Museu de Arte da Pampulha

 

  • Caminho da África, de Adyr Assumpção – Editora Dimensão

 


 

16 de setembro, sábado – 19h

Michel Laub (SP) 
Marcia Denser (SP)
Maria Valéria Rezende (João Pessoa -PB) 
Eduardo Sabino (Nova Lima – MG) 

Mediador: Rogério Tavares (BH) 

Local: Auditório


 

Dia 16 de setembro, sábado – 19h

Redemoinho (Jose Luiz Villamarim| Brasil| 2016| Drama| 100 min)

Em Cataguases, cidade de Minas Gerais, dois amigos acabam se reencontrando após muito tempo separados. Na véspera de Natal, os dois se reúnem para uma conversa regada a muita bebida, o que desperta em Luzimar e Gildo, a oportunidade de reavaliar seus caminhos e de falar sobre suas lembranças, seus remorsos e suas alegrias. Livremente inspirado no livro “O Mundo Inimigo – Inferno Provisório Vol. II”, de Luiz Ruffato.

Classificação indicativa: 16 anos

Local: MIS – Cine Santa Tereza ( R. Estrela do Sul, 89 – Santa Tereza)


 

17 de setembro, domingo – 10h

O DIÁLOGO DO NOVO COM A TRADIÇÃO

Ana Elisa Ribeiro (BH)
Simone Andrade Neves (BH)
Ricardo Aleixo (BH) 
Eduardo Lacerda (SP)

Mediadora: Bruna Kalil (BH)

Local: Sala das Artes


 

17 de setembro, domingo – 10 às 14h

(Esta oficina integra o projeto Ler, brincar e aprender em família: um olhar para a primeira infância, viabilizado pelo Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente / Itaú Social)

A oficina promove o encontro de pais e filhos com textos literários, brincando com a narrativa, reorganizando e misturando textos clássicos para construir novas histórias, especialmente com as ilustrações.

Local: Biblioteca

 


 

17 de setembro, domingo – 10h

SARAU LEVE UM LIVRO, com o Coletivo Simples (Norma de Souza Lopes, Pâmela Machado, Rodrigo Teixeira e Samuel Medina) 

Participação especial: Ivan Souza
 

Local: Centro de Referência da Juventude


 

17 de setembro, domingo – 10h30

Oficina PRIMEIRAS LEITURAS: UM CONVITE PARA OS BEBÊS

Juliana Daher e Isaac Luis (Cia. Pé de Moleque)

Local: Centro de Referência da Juventude


 

17 de setembro, domingo – 10h30

Local: Palco Guaicurus


 

17 de setembro, domingo – 10h30

Oficina PRIMEIRAS LEITURAS: UM CONVITE PARA OS BEBÊS

Juliana Daher e Isaac Luis (Cia. Pé de Moleque)

Local: Centro de Referência da Juventude


 

17 de setembro – 10h30

Raquel Vilela (BH)

Local: Café Literário

 


 

17 de setembro, domingo – 11h

PARA QUE SERVE A ESCRITA?

Félix Kaputu (República Democrática do Congo) 
Teolinda Gersão (Portugal)

Mediadora: Lucia Castello Branco (BH) 

Local: Auditório

 


 

Lançamentos de Livros –  17 de setembro, domingo – 11h

 

  • Brincadeiras na Mata Tropical, O Elefante Elegante e Quem será o Rei?, de Steylani Duarte – Edtora Alfstudio

 

  • O conto de duas letras / The tale oftwoletters, de J. G. Franklin – Editora Mar de Ideias Navegação Cultural

 

  • Amarildo, o mais atletizeiro dos cruzeiranos, de Eduardo Maia – Editora Gulliver

 

  • Vida de leão, de Íris Amâncio – Editora Nandyala

 

  • O fundo e a luz, de Betzaida Mata Machado Tavares -Editora Kazuá

 

  • Geraldinho o menino que ouvia as árvores, de Faber Barbosa – Editora Gulliver

 

  • Olhos de vira lata, de Claudia Guimarães – Editora O Lutador

 

  • Inventário de mulheres possíveis, de Val Prochnow – Editora Modular

 

  • Nico: o gato que tinha medo de altura, de Francisco Caldeira Godoy – Crivo Editorial

 

  • Predestinados, de Thais Silveira Venzel

 

  • Letra & Melodia, de Michelle Mariane

 

  • Lugar de recomeço, de Angélica Pina – Editora Upbooks

 

  • Aos teus pés, de Michelle Passos

 

17 de setembro, domingo – 14h

MUROS, LIXEIRAS, POSTES: A ESCRITA DAS RUAS

Érica Peçanha do Nascimento (SP) 
Clarice Libânio (BH)
Thereza Portes (BH)

Mediador: Renato Negrão (BH)

Local: Sala das Artes


 

Lançamentos de Livros –  17 de setembro, domingo – 14h

 

  • SPER & OV…A nossa aventura , de Durval Beltrão – Simapel

 

  • Era vez um quintal,  de Eliana Zamdonade

 

  • Pé de abacate / Uniformes, de Juliano Azevedo – Editora Althea

 

  • Se for poesia…, Jeferson Lima – Editora Delicatta

 

  • Claraluz / Poeta e Na solidão do outro, Mauro Brandão – Editora Letramento

 

  • Porta, de Nilce Almeida – Editora Penalux

 

17 de setembro, domingo – 14h

PRÊMIOS LITERÁRIOS: DINHEIRO, PRESTÍGIO OU ESTÍMULO

Jacques Fux (BH)
Paula Fábrio (SP)
Tadeu Sarmento (BH)

Mediadora: Ana Amélia Lage Martins (BH)

Local: Auditório


 

17 de setembro, domingo – 14h

Oficina PRIMEIRAS LEITURAS: UM CONVITE PARA OS BEBÊS

Juliana Daher e Isaac Luis (Cia. Pé de Moleque)

Local: Centro de Referência da Juventude


 

17 de setembro, domingo – 15h

Oficina PRIMEIRAS LEITURAS: UM CONVITE PARA OS BEBÊS

Juliana Daher e Isaac Luis (Cia. Pé de Moleque)

Local: Centro de Referência da Juventude


 

17 de setembro, domingo – 15h30

Oficina LIVRO MINUTO, com Samuel Medina e a equipe da Biblioteca Pública Infantil e Juvenil

Oficina de leitura e criação de livretos escritos e ilustrados pelos participantes feitos de dobraduras de papel.

Local: Biblioteca


 

17 de setembro, domingo – 16h

A LITERATURA E A VOZ DOS PERSONAGENS INVISÍVEIS (Auditório)

Conceição Evaristo (RJ) – Parceria cultural do Sesc em Minas Gerais
Sérgio Fantini (FMC / PBH)
Oscar Nakasato (Maringá – PR)

Mediadora: Dagmar Braga (BH) 

Local: Auditório


 

17 de setembro, domingo – 16h

Lançamento do Livro CD DVD Brinquedorias, do Grupo Serelepe, da Escola de Belas Artes da UFMG

O Serelepe: Brinquedorias Sonoras e Cênicas, que só ganhou esse subtítulo algum tempo depois, foi criado em 2005, com um programa para crianças na Rádio UFMG Educativa, por Cristiane Lima, Eugênio Tadeu, Gabriel Murilo e Reginaldo Santos, sob a coordenação do professor Eugênio Tadeu. O grupo é membro do Movimento Brasileiro da Canção Infantil e do Movimento da Canção Infantil Latino-americana e Caribenha e tem participado de importantes eventos no Brasil e no exterior. No livro cd dvd Brinquedorias, o Serelepe apresenta vinte brincadeiras tradicionais que não são tão conhecidas.

Local: Centro de Referência da Juventude

 


 

Lançamentos de Livros –  17 de setembro, domingo – 16h

 

  • Minha vida de trás pra frente, de Selma Sueli Silva – Editora Mandruvá

 

  • Danielle, Asperger, de Vitor Mendonça – Editora Mandruvá

 

  • Pra onde os bichos vão?, de Emerson Vieira Louro – Editora Ramalhete

 

  • Bob, uma história de adoção, de Marismar – Cora Editora

 

  • Brincando com as sombras, de Maria Alice Larcera –  Cora Editora

 

  • Deshaikai Bloco 33, de Dudu Luiz Souza – Editora Kuringa

 

  • O sabiá e a menina, de Beth Timponi –  Crivo Editoral

 

  • Uma vida positiva, de Rafael Bolacha – Editora Cidade Viva

 

  • Luminária, de Ana Carolina Marques Lage – Editora Alpaca Press

 

  • Antologia Poética Café com Poemas. Vol.: I, Série Novos Sabores, Organizadores: Leandro Flores e Celeste Farias – Agilite Publicações e Interatividade

 


 

Dia 17 de setembro, domingo – 17h

Mutum (Sandra Kogut| Brasil| 2007| Drama| 90 min)

Mutum quer dizer mudo. Mutum é uma ave negra que só canta à noite. E Mutum é também o nome de um lugar isolado no sertão de Minas Gerais, onde vivem Thiago e sua família. Thiago tem dez anos e é um menino diferente dos outros. É através do seu olhar que enxergamos o mundo nebuloso dos adultos, com suas traições, violências e silêncios. Ao lado de Felipe, seu irmão e único amigo, Thiago será confrontado com este mundo, descobrindo-o ao mesmo tempo em que terá de aprender a deixá-lo. Baseado na obra Manuelzão e Miguilim, de João Guimarães Rosa.

Classificação indicativa: Livre

Local: MIS – Cine Santa Tereza ( R. Estrela do Sul, 89 – Santa Tereza)


 

17 de setembro, domingo – 18h

Makely Ka  –  voz, violões e craviola
Paulim Sartori – baixo e vocal
 Rafael Azevedo – violão e guitarra
 Yuri Velasco – bateria e percussão

Participação especial: Ná Ozzetti

Local: Centro de Referência da Juventude


 

17 de setembro, domingo – 19h

Vênus Filó- A Fadinha Lésbica (Sávio Leite| Brasil| 2016| 5 min)

Neste conto de fadas de animação, Filly, uma fada lésbica com dedos ágeis, seduz diversas mulheres durante o dia, se disfarçando de menino. Mas as coisas ficam estranhas e fogem do controle quando, inesperadamente, durante a noite, metade da população de Whatsit Village está formando uma extensa fila. Baseado no livro Bufólicas, de Hilda Hilst.

 

O cheiro do Ralo (Heitor Dhalia | Brasil| 2006| 154 min)

O proprietário de uma loja de penhores usa sua ganância para se sustentar e fazer certos jogos perversos. Mas tudo muda quando ele conhece uma garçonete e começa a perder o controle de sua vida equilibrada. Baseado no livro homônimo de Lourenço Mutarelli.

Classificação indicativa: 16 anos

Local: MIS – Cine Santa Tereza ( R. Estrela do Sul, 89 – Santa Tereza)